Português do Brasil English
Devin no Facebook  Devin no Twitter  RSS do Site 
Linux    

Gerenciador de Pacotes: apt


Comentários  3
Visualizações  
20,243

Para quem não conhece Linux, instalar e desinstalar programas pode parecer uma tarefa difícil. Mas na realidade, sabendo utilizar as ferramentas certas, estas tarefas se tornam muito mais fáceis que qualquer outro sistema. Os gerenciadores de pacotes fazem isso muito bem e o apt é um deles!

O apt (Advanced Package Manager) é um poderoso gerenciador de pacotes que resolve as complicações de dependências de pacotes automaticamente para o usuário, utilizando também a instalação dos pacotes via Internet. Com o apt é possível baixar a versão mais atual de um programa e instalá-lo no sistema com apenas um comando.

Inicialmente feito pela distribuição Debian, o apt utiliza pacotes do dpkg (.deb). Existe uma versão do gerenciador para pacotes RPM, feito há algum tempo pela distribuição (na época) Conectiva, mas esta versão não é bastante utilizada e por isso não iremos falar sobre ela nesta apostila.

A configuração do apt está localizada no diretório /etc/apt. Dentro deste diretório, há um arquivo que podemos considerar o principal, chamado sources.list. Este arquivo contém uma lista de todos os endereços de repositórios que o apt irá usar. São desses repositórios que a lista de programas será baixada e possibilitará o download dos programas. Cada linha deste arquivo corresponde a um repositório de pacotes, exemplo:

deb http://debian.c3sl.ufpr.br/debian/ etch main non-free contrib

Esta linha nos diz para o apt utilizar um repositório de pacotes .deb disponível no endereço: http://debian.c3sl.ufpr.br/debian/, usando a versão etch do Debian. Diz também para pegar os pacotes das seções main, non-free e contrib. Tanto a versão quanto as seções são específicas da distribuição Debian e podem variar se for uma outra distribuição derivada.

Outro exemplo seria um repositório das atualizações de segurança do Debian:

deb http://debian.c3sl.ufpr.br/debian-security/ etch/updates main contrib

Uma vez que o sources.list esteja configurado, já podemos utilizar o apt. É importante saber que antes de qualquer ação de instalação, desinstalação, atualização ou busca, é necessário atualizar a lista dos pacotes. Por isso, toda vez que for utilizar o apt, execute:

# apt-get update

Assim a lista mais atualizada será baixada do servidor. Isto é necessário pois se a distribuição lançar alguma versão nova de pacote, ou pacotes adicionais, a lista precisa ser atualizada também, senão o apt não vai conseguir enxergar esse novo pacote.

Depois de atualizada a lista, podemos executar diversas ações.

Para procurar por um pacote utilizando uma palavra relacionada, utilize o apt-cache da seguinte forma:

# apt-cache search DVD

O apt retornará uma lista com os pacotes associados a palavra DVD.

Para instalar um pacote e todas as suas dependências, use:

# apt-get install pacote

O comando install também atualiza um pacote caso exista uma versão superior a já instalada no sistema.

Para remover um pacote e todas as suas dependências, use:

# apt-get remove pacote

Caso você queira atualizar todo o seu sistema, atualizando todos os pacotes que tenham suas atualizações disponíveis na lista, use o comando upgrade:

# apt-get upgrade

O upgrade apenas atualiza os pacotes de uma versão de distribuição. Se for o caso de atualizar de uma versão da distribuição para outra, o que inclui atualizações que podem se tornar perigosas e quebrar o sistema, use:

# apt-get dist-upgrade

Por fim, o apt também possui uma característica muito sensacional, que é utilizar os poderes da super vaca. A super vaca é poderosa e poderá ajudar nas horas que mais precisarmos. Para utilizar estes poderes, invoque a super vaca com o comando:

# apt-get moo

Comentários  3
Visualizações  
20,243


TagsLeia também

Apaixonado por Linux e administração de sistemas. Viciado em Internet, servidores, e em passar conhecimento. Idealizador do Devin, tem como meta aprender e ensinar muito Linux, o que ele vem fazendo desde 1997 :-)


Leia também



Comentários

3 respostas para “Gerenciador de Pacotes: apt”

  1. Reinaldo Carvalho disse:

    Cara me ajudou bastante!! a algum tempo venho utilizando linux Ubuntu, mas nunca instalei pacotes pelo terminal. è muiito bom…!!!

  2. Dani Giatti disse:

    Ola,queria saber como faço para habilitar meu apt-get,estou a tempos tentando instalar varios programas,como wine,ubuntu,photoscape,atube catcher em fim,mas sempre da comando não encontrado usando ou não o root …..

  3. Adauto Leite disse:

    Muito bom e de fácil uso.
    Torna tudo mais simples

Deixe uma resposta